Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon Estadual autua sete lanchonetes e restaurantes do Boulevard Shopping Rio

06.04.2017 - 17:51
2017-04-06-PHOTO-00000015_1491511914.6.jpg

O Procon Estadual realizou, nesta quarta-feira (06/04) uma nova ação da Operação Hora do Lanche, vistoriando estabelecimentos da praça de alimentação do Boulevard Rio Shopping, em Vila Isabel (Rua Barão de São Francisco, 236). Foram vistoriados 10 estabelecimentos e sete foram autuados. Os fiscais descartaram 5kg e 790g de alimentos impróprios para o consumo.

No Steak Express havia 1kg e 300g de salmão em posta e 500g de bacalhau sem especificação do prazo de validade. Também foram descartados 290g de salmão vencido. Na cozinha do estabelecimento a lixeira era acionada pela mão do funcionário e foi constatado buracos no teto pela fiscalização. Foi dado o prazo de 15 dias para reparo. O estabelecimento não tinha o cartaz do Disque 180 (telefone de denúncia de violência contra mulheres) e não apresentou o certificado de potabilidade da água.

No Rei do Bacalhau a fiscalização descartou os seguintes produtos sem especificação da data de validade: 1kg e 100g de presunto, 800g de queijo prato e 200g de pacote de requeijão. Também foram descartados 400g de champignon que, além de não apresentar o prazo de vencimento, estavam mal armazenados.

Já no Billy the Grill, a fiscalização encontrou 1kg e 200g de queijo cheddar vencido, e constatou que, no estoque seco, a base do ar condicionado estava enferrujada, podendo provocar contaminação dos alimentos ali armazenados.O Yakisoba Mix foi autuado por não apresentar diversas documentações necessárias: os certificados de dedetização, potabilidade de água e do Corpo de Bombeiros, além do alvará de funcionamento. O estabelecimento também não tinha fixado vários cartazes determinados por lei: Disque 151, Disque 180 e o que informa a gratuidade da água potável e filtrada. O estabelecimento também não tinha um exemplar do Livro de Reclamações e do Código de Defesa do Consumidor.

A filial do Mister Pizza da praça de alimentação não apresentou o certificado de potabilidade da água, cartaz do Disque 180 e o certificado do Corpo de Bombeiros. Este último certificado também não foi apresentado pelo Naa! Sushi Bar e pelo Vizinhando.

Não foram encontradas irregularidades no La Mole, Koni Store e no Crepelocks.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil