Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon Estadual descarta 300kg de alimentos impróprios para consumo em Mesquita

17.05.2017 - 18:00
20170517_142937site_1495054789.82.jpg

O Procon Estadual realizou, nesta quarta-feira (17/05), uma nova etapa da Operação Secos e Molhados, que desta vez vistoriou supermercados do município de Mesquita. Quatro estabelecimentos foram fiscalizados e todos eles foram autuados. Os fiscais descartaram 300kg de alimentos impróprios para o consumo.

No Turbo 1000, localizado na Rua Ambrósio, 335, a fiscalização descartou 271kg de margarina que estavam mal armazenadas, em local sem refrigeração, fora da temperatura indicada pelo fabricante. Além disso, 6kg de carne previamente moída, o que não é permitido no Lei no estado do Rio de Janeiro, e queijo minas com validade acima da determinada pelo fabricante também foram descartados.Em uma câmara resfriada o piso era de cimento, quebrado e sujo. Nela havia um gancho e trilhos enferrujados, além da porta estar danificada. A fiscalização determinou a retirada imediata das caixas de sebo e osso que estavam no local. Na câmara congelada de laticínios, a porta estava enferrujada e suja, as paredes descascadas e os paletes eram de madeira, contrariando a Lei. Na câmara resfriada de laticínios e na de congelados também existiam paletes de madeira.

Na filial do Multi Market, localizado na Rua Cosmorama 1.192, a fiscalização encontrou diversos produtos fora do prazo de valide a sem especificação. Entre eles, 12kg e 200g de pizza semi pronta e 2kg e 500g de queijo parmesão. A fiscalização também detectou 8kg e 400g de carne previamente moída. No estoque seco da padaria foram encontradas cinco garrafas de aromas dos seguintes sabores: queijo, limão, panetone, verde folha e cebola, todos fora do prazo de validade. Outros quatro litros de aroma também foram encontrados, esses sem especificação do vencimento. Na câmara de carne do supermercado, o piso era rugoso e de cimento, com pequenos buraco e havia trilhos do apoio das carnes enferrujados e uma caixa com ossos e sebos na câmara, sem proteção. O mesmo tipo de piso, com pequenos buracos, foi encontrado pelos fiscais na câmara de laticínios. O alvará do estabelecimento estava vencido, exemplar do Livro de Reclamação não tinha a autenticação obrigatória do Procon-RJ, não foi apresentado aos fiscais o certificado de potabilidade da água nem o certificado do Corpo de Bombeiros.

No Novo Mundo, localizada na Rua Paraná, 14, os fiscais encontraram na padaria seis garrafas (1lt cada) de vários sabores de aromas - coco, baunilha, milho e laranja- sem especificação de data de abertura e de sua validade. Problemas estruturais foram detectados nas câmaras do supermercado: nas câmaras de congelamento e resfriada o portal estava com ferrugem; na câmara de refrigeração, as grades dos ventiladores e o portal estavam enferrujadas, além do teto e da parede estarem descascados e com aparência de mofados. Na área de manipulação, a parede também estava descascada. A fiscalização deu o prazo de 15 dias para a adequação das irregularidades estruturais, sob pena de interdição.

Já no supermercado Cristal, localizado na Avenida Presidente Castelo Branco, 117, a fiscalização encontrou em três geladeiras um cartaz limitando a quantidade de produtos que podem ser adquiridos por pessoa, o que contraria a Lei.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil