Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon-RJ autua seis supermercados na Baixada

11.08.2017 - 18:48
site_1502488112.47.jpg

O Procon Estadual realizou ontem e hoje mais duas etapas da Operação Secos e Molhados na Baixada Fluminense. Na quinta-feira (10/08) os agentes da autarquia vistoriaram e autuaram três supermercados em Nilópolis e na sexta-feira (11/08) foram outros três em Nova Iguaçu.

Em Nova Iguaçu, os fiscais autuaram o Extra localizado na Avenida Nilo Peçanha, n° 197. Na câmara de salgados eles encontraram ferrugens nas paredes e 104kg de bacon suíno vencidos e na câmara de laticínios resfriados o chão estava quebrado e com buracos, além das paredes estarem enferrujadas. O estabelecimento tem 15 dias para reparar estas irregularidades ou as câmaras poderão ser interditadas. O supermercado não possuía duas balanças de precisão para uso dos consumidores e não apresentou o certificado do Corpo de Bombeiros. Para concluir, o alvará de funcionamento estava vencido.

Ainda em Nova Iguaçu, dois dos estabelecimentos vistoriados estão na Avenida Mal. Floriano, no Centro. No Guanabara, no n° 1.552, a câmara de congelados do açougue estava com o chão quebrado, o portal enferrujado e paletes de madeira – o que é contra a lei. Na câmara de laticínios o teto e o cano de fiação de monitoramento estavam enferrujados. Na área de estoque da padaria havia 300g de ameixa em caldas vencidas e uma lata aberta de figos em conserva. O fabricante deste produto determina a sua retirada da lata uma vez aberta.

Em Nilópolis todos os estabelecimentos autuados estão na Avenida Getúlio de Moura. No Prezunic, localizado no n° 1.591, os fiscais encontraram piso quebrado na câmara de armazenamento de produtos do setor hortifruti. Já na câmara do açougue haviam paletes de madeira. O estabelecimento tem 15 dias para reparar estas irregularidades. Os agentes encontraram 7kg e 500g de produtos sem especificação de prazo de validade, entre azeitona preta e cogumelo fatiado, e 1kg e 600g de finesse de frango vencido.

Na mesma rua, os agentes autuaram o Assaí, no n° 1983, por não apresentar o alvará definitivo de funcionamento e o certificado do Corpo de Bombeiros. O estabelecimento tinha 2kg e 500g de queijo provolone ralado vencido. Já o Rede Economia, no n° 415, foi autuado por não possuir duas balanças de precisão para uso dos consumidores e não ter uma caixa especial para pessoas especiais com 90cm de largura na passagem do cliente, como é estabelecido pela Lei.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil