Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon Estadual retorna a estabelecimentos e autua cinco deles na Zona Sul

04.05.2018 - 16:05
20180504_134514edt2_1525460708.99.jpg

O Procon Estadual retornou a seis estabelecimentos da Zona Sul nesta sexta-feira (04/05)para verificar se as exigências determinadas pela fiscalização em ações anteriores haviam sido cumpridas.Neste retorno apenas um local não apresentou problemas. Os que não cumpriram o prazo estipulado para realizar reparos estruturais foram autuados e novo prazo foi aberto para reparo. Caso os problemas não sejam sanados, os fiscais poderão interditar os locais.

O Supermercado Extra do Largo do Machado, 19, apesar de ter sanado as irregularidades apontadas na fiscalização anterior, foi autuado por disponibilizar à venda 62kg e 450g de peixes sem a barreira de proteção sanitária pra impedir seu manuseio por clientes. Os produtos foram descartados na frente dos fiscais por possível risco de contaminação.

Entre os restaurantes que não cumpriram as determinações dadas pelos fiscais anteriormente estão: México 70 (Rua Djalma Ulrich, 23), Eclipse (Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1309) e Adega do Cesar (Rua Joaquim Nabuco, 44) em Copacabana, eLa Fiorentina (Av. Atlântica, 458), no Leme.

O Restaurante Caranguejo (Rua Xavier da Silveira, 18 - Copacabana) sanou as irregularidades apontadas pelos fiscais em ação anterior.

Balanço da Operação de Hoje

1 –La Fiorentina (Av. Atlântica, 458 – Leme): Problemas estruturais: revestimento do piso quebrado e com rachaduras, ralo não sifonado e sem proteção na área de lavagem. Ainda havia pontos de ferrugem na câmara de congelados e nas prateleiras de armazenamento conforme constatado anteriormente.

2 – Mexico 70 (Rua Djalma Ulrich, 23 – Copacabana): Problemas estruturais: lixeira aberta e sem tampasem pedal na área de preparação de alimentos, fiação exposta na cozinha, ferrugem nos freezers, abertura de ventilação sem tela de proteção, alimentos armazenados diretamente no chão. Produtos sem especificação de validade: 1kg e 500g de palmito pupunha em conserva, 500g de recheio de camarão, 500g de molho tártaro, 2kg de frios.

3 – Eclipse (Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1309 – Copacabana): Vencidos: 2kg e 600g de peito de peru, 1kg e 300g de cobertura de chocolate, 8kg e 800g de batata ralada para rostie. Irregularidades anteriormente apontadas foram sanadas.

4 – Adega do Cesar (Rua Joaquim Nabuco, 44 – Copacabana): Vencidos: 3 litros de molho. Produtos sem especificação de validade: 120g de azeitona verde. Não foram sanados os problemas estruturais apontados anteriormente.

5 – Extra (Largo do Machado, 19 – Catete): Produtos expostos sem barreira de proteção na área de vendas: 32kg e 450g de tainha, 12kg de sardinha, 18kg de carapicú.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil