Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon Estadual autua supermercado em Niterói e agência bancária em São Gonçalo

04.07.2019 - 18:11
20190704_094941EDT_1562274704.12.jpg

Os fiscais do Procon Estadual realizaram fiscalizações a pedido do Ministério Público nesta quinta-feira (04/07). Foram vistoriados um supermercado em Niterói e uma agência bancária em São Gonçalo. Ambos foram autuados.

A fiscalização vistoriou o supermercado Grand Marche, localizado na Alameda São Boa Ventura, 626, no bairro Fonseca, em Niterói, onde foram constatadas irregularidades. Havia 1kg e 800g de carne moída na máquina de moer. Também encontrou produtos com prazo de validade vencido: 16kg e 500g de músculo bovino, encontrados na câmara de resfriados do açougue, e outros 2kg e 600g de salsichão, encontrados no balcão refrigerado da área de vendas. Além disso, três das câmaras do estabelecimento (duas de resfriado e uma de congelado) estão com problema de vedação das portas. Elas apresentam abertura na parte inferior, possibilitando a entrada de vetores e dificultando a manutenção da temperatura interna. Os ralos da área das câmaras não são sifonados e não apresentam tela de proteção. A carne moída e os produtos vencidos foram descartados por funcionários do estabelecimento, na presença dos fiscais.

Já a agência do Itaú, localizada na Rua Dr Nilo Peçanha, 104, no bairro de Nova Cidade, em São Gonçalo, apresentava tempo de espera para atendimento nos aixas preferenciais de 21 minutos e para atendimento nos caixas normais de 28 minutos - tempo acima dos 15 minutos determinados por lei municipal. Também foi constatada a ausência de dispositivos de privacidade entre os caixas de atendimento presencial. Além disso, a agência não oferece a autenticação eletrônica no próprio documento na hora de pagá-lo.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil