Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon Estadual autua 12 agências bancárias em São Cristóvão e Vila da Penha

08.03.2018 - 16:09
20180308_100315edt_1520536170.61.jpg

O Procon Estadual autuou todas as 12 agências bancárias vistoriadas nesta quinta-feira (08/03) em mais uma ação da Operação Tio Patinhas. A fiscalização ocorreu nos bairros de Vila da Penha e São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. Foram vistoriadas unidades de cinco grandes bancos: duas do Itaú, três do Bradesco, três do Santander, duas do Banco do Brasil e duas da Caixa Econômica Federal.

A agência Santander, localizada na Rua São Cristóvão, 576, estava com a sua porta giratória desregulada, problema que causava constrangimento aos consumidores que, mesmo após guardarem seus pertences no guarda-volumes do banco, ainda ficavam impedidos de entrar. Além disso, os fiscais constataramno ato da fiscalizaçãoque o tempo de espera para atendimento excedia o estipulado na Lei. Entre os demais problemas encontrados, estavam ausentes o conteúdona íntegrada Lei Municipal 5.254/2011 (que regula o atendimento bancário nas agências da cidade do Rio) para informação ao consumidor, assentos prioritários para quem aguarda atendimento na quantidade determinada pela Lei, caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais e os cartazes que informa sobre o Livro de Reclamações e telefone e endereço do Procon.

As irregularidades mais encontradas nesta fase da Operação Tio Patinhas continuam sendo: a autenticação de pagamento de títulos realizada em documento a parte e a ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais, com nove agências atuadas pela primeira razão e oito pela segunda.

Balanço da Operação Tio Patinhas

1 – Santander (Av. Vicente de Carvalho, 1890 – Vila da Penha): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado.Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.

2 – Bradesco (Campo de São Cristóvão, 240 – São Cristóvão): Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado.Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência do telefone do Bacen.

3 – Santander (Av. Meriti, 2460 - Vila da Penha): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado. O tempo de espera para atendimento excede o estipulado na lei.

4 - Caixa Econômica Federal (Rua São Cristóvão, 670 – São Cristóvão): O banheiro fica na área restrita da agência. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.

5 – Itaú (Av. Meriti, 2591 – Vila da Penha): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado. Ausência de guarda-volumes.

6 – Banco do Brasil (Rua São Cristóvão, 584 – São Cristóvão): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado. Não realiza pagamento de contas de consumo no caixa. O número de assentos prioritários para quem aguarda atendimento é inferior ao determinado na lei. Ausência do cartaz informativo do telefone e endereço do Procon.

7 – Itaú (Rua São Cristóvão, 576 - São Cristóvão): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado.Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.

8 - Banco do Brasil (Av. Meriti, 244 – Vila da Penha): Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Ausência de escala dos caixas e demais funcionários. Ausência do cartaz que informa sobre o Livro de Reclamações. Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado.Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.

9 – Bradesco (Av. Meriti, 2272 – Vila da Penha): Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado.Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.

10 – Santander (Rua São Cristóvão, 576 - São Cristóvão): Ausência da Lei Municipal 5.254/2011 (que regula o atendimento bancário nas agências da cidade do Rio) na íntegra para informação ao consumidor. O tempo de espera para atendimento excede o estipulado na lei. O número de assentos prioritários para quem aguarda atendimento é inferior ao determinado na lei. Ausência de caixa eletrônico adaptado para portadores de necessidades especiais. Ausência do cartaz que informa sobre o Livro de Reclamações. Ausência do cartaz informativo do telefone e endereço do Procon. Porta giratória desregulada.

11 - Caixa Econômica Federal (Av. Meriti, 207 – Vila da Penha): Ausência do Livro de Reclamações. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência do Alvará de funcionamento.

12 - Bradesco(Rua São Cristóvão, 600 - São Cristóvão): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência do telefone do Bacen. Autenticação de pagamento de títulos é realizada em documento apartado.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil