Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon Estadual autua 33 lojas do Carioca Shopping

06.11.2018 - 17:42
site_1541533178.36.jpg

O Procon Estadual autuou, nesta terça-feira (06/11), 33 das 45 lojas fiscalizadas no Carioca Shopping, em Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio, durante a primeira ação da operação Standard. Os problemas mais encontrados pelos fiscais foram os relacionados à informação do preço: 29 estabelecimentos apresentaram este tipo de irregularidades, como ausência do preço em produtos expostos à venda e o valor da parcela na compra à prazo em fonte maior do que o preço à vista.

Nove lojas não apresentaram alvará de funcionamento: Polishop, Colchões Premier, Casa das Alianças, Smart Point Brasil,Mundo Games, L'Equipe,Chili Beans,Q EstampaeBattoons. Os fiscais encontraram problemas relacionados ao Livro de Reclamações, como sua ausência ou falta de autenticação, em 16 lojas vistoriadas.

Em 12 lojas não foram constatadas irregularidades no momento da fiscalização. São elas: Le Parfum, Kik Calçados, Mercatto, Nextel, Ortobom, Outback, World Tennnis, Mahogany, Alphabeto, Iplace Mobile, Celular Station e Cezanne. O nome da operação faz referência ao fato de que, no terreno onde hoje existe o Carioca Shopping, já funcionou uma fábrica da multinacional Standard Elétrica.

 

Balanço da Operação Standard:

1 - Polishop: Ausência do alvará de funcionamento.

2 - Dreamhouse: Ausências do Livro de Reclamações e do seu respectivo cartaz, do cartaz com endereço e telefone do Procon Estadual, de preços em produtos expostos à venda e do Código de Defesa do Consumidor.

3 - Doce Vida/Nicole Joias: Ausência de preços visíveis em produtos expostos à venda.

4 - Colchões Premier: Ausências de preços em produtos expostos à venda, do cartaz do 151, do Livro de Reclamações e do alvará de funcionamento. O CNPJ apresentado não correspondia ao da loja fiscalizada.

5 - First Class: Ausências de preços em produtos expostos à venda e do cartaz do Livro de Reclamações.

6 - Ri Happy: Valor da parcela a prazo em fonte maior do que a do preço à vista.

7 - Star Brink: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

8 - Casa das Alianças: Ausências de preços em produtos expostos à venda, do Código de Defesa do Consumidor, do cartaz do Livro de Reclamações e do alvará de funcionamento. O Livro de Reclamações não estava autenticado.

9 - Borelli: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

10 - Cariocas F.C.: Ausências do Livro de Reclamações e do respectivo cartaz e de preços em produtos expostos à venda.

11 - Redley: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

12 - Arrive Fashion: Ausência do Código de Defesa do Consumidor.

13 - Smart Point Brasil: Ausências do alvará de funcionamento e de preços em produtos expostos à venda.

14 - Mundo Games: Ausências do alvará de funcionamento, de preços em produtos expostos à venda, do Livro de Reclamações e do Código de Defesa do Consumidor.

15 - CVC: O Livro de Reclamações tem o CNPJ de uma antiga loja, não sendo válido para o estabelecimento atual.

16 - Rommanel: Produtos expostos na vitrine tinham apenas a informação do valor das parcelas a prazo, não do preço à vista. Ausências do Livro de Reclamações, do cartaz do 151 e do Código de Defesa do Consumidor.

17 - Marisa: Valor da parcela a prazo em fonte maior do que a do preço à vista.

18 - Aleatory: Ausência do cartaz do 151.

19 - L'Equipe: Ausência do alvará de funcionamento.

20 - Albertina Bruno Confecção (Home Decor): Ausências de preços em produtos expostos à venda e do Livro de Reclamações (o livro apresentado tem endereço e CNPJ que não correspondem ao da loja fiscalizada).

21 - Chili Beans: Ausências do Livro de Reclamações, do cartaz do 151 e do alvará de funcionamento.

22 - Arezzo: Ausências de preços em produtos expostos à venda e do cartaz do 151.

23 - Q Estampa: Ausências de preços em produtos expostos à venda, do alvará de funcionamento e do Livro de Reclamações.

24 - Meiry Joias: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

25 - Anacapri: Ausência do Código de Defesa do Consumidor.

26 - Simonella: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

27 - Zux: Ausência de preços em produtos expostos à venda e Livro de Reclamações não autenticado.

28 - Golden do Bairro Ótica: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

29 - Quem Disse, Berenice?: Ausências de preços em produtos expostos à venda e do Livro de Reclamações.

30 - Nat Shoes: Ausências de preços em produtos expostos à venda e do cartaz informando sobre o Livro de Reclamações.

31 - Battoons: Ausências de preços em produtos expostos à venda, do cartaz do 151 e do alvará de funcionamento.

32 - Mahamantra: Ausências de preços em produtos expostos à venda e do cartaz com telefone e endereço do Procon Estadual.

33 - Newspaper: Ausência de preços em produtos expostos à venda.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil